quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Oferta



- Você me quer?
- Quero. Muito.
- Então me coma sem educação, sem modos, esqueça a etiqueta. E diga, depois de tudo, que não quer sobremesa, que só quer repetir o prato principal...


********

Vamos às indicações para o selo "Este blog vale a pena conferir" que ganhei, com honra, do Vicente, do Palavras quase ocultas de um ser real... (obrigada, moço!). Utilizarei o mesmo critério de sempre: escolherei os blogs que mais visito, gosto e que não têm o selo.

Mila, do Caixa de Sapato;
Sollers, do Do amor, laico impropério;
B., S. e G., do Sobre Mortes;
Edu, do Sanctuarium;
Camila, do Belas Coisas Simples; e
Gabriele, do Strawberry Fields.

*******
Acho que vou aderir ao bom hábito de colocar a música que estou ouvindo no momento da postagem:
Cicatrizes, Roberta Sá, com participação especial de MPB4.

19 comentários:

Gabriela. disse...

Mas e se a sobremesa for aquele sorvete espalhado no bico dos seios? Garanto que ela não vai achar ruim...

Juliana Caribé disse...

E quem se negaria a uma oferta dessas?
Mas concordo com a Gabriela: podem-se misturar o prato principal e muitas sobremesas. E ela e ele iam gostar...
(* e a foto... Um espetáculo!)

(Tem florzinha sumida do meu jardim...)

Juliana Caribé disse...

Lamber os dedos depois pode? =)

Hugo Pessoa de Baraúna disse...

Conheci teu blog esses dias e achei muito interessante as coisas que tu escreve e o modo como escreve. Parabéns, já assinei teu feed!

Edu Guimarães disse...

Ah que banquete!
Concordo com a sugestão da Gabriela, um sorvete de sobremesa é sempre bem-vindo. E se esse banquete for a luz de velas?!?!

O calor da parafina quente escorrendo na pele em contraste com o gélido e doce sorvete, uhm...

***

Jô, muito obrigado mais uma vez pela indicação! Tô ficando mimado! BeiJô ;-*

Lúcia disse...

Hola gitana!,
(realmente amei aquela foto...!)

Ameiiii, que delícia de fragmento!
E concordo com a Gabriela e a Juliana: aquele sorvete, aquela calda de chocolate ou aquele vinho derramado nos seios seriam uma ótima sobremesa, não?! Ai...! Hahahah!

Sobre olhares apaixonados: será que um homem realmente apaixonado sabe mentir sobre isso...? Sempre achei que essa fosse uma das fraquezas deles: não saber mentir com o olhar quando amam. O que dizem os homens de plantão aqui, hein? É fácil mentir um olhar apaixonado??
Sei que eu não tenho razões pra mentir olhares apaixonados, prefiro a sinceridade àqueles jogos desgastantes... mas isso até onde eu sei. Nunca se sabe de tudo o que a gente é capaz...

Se bem que fantasiar... ah, aí é uma outra coisa...

Vou ficar com saudades viu!

Besos, hasta la vista!

Bárbara (B.) disse...

Complementando a Gabriela: Ou aquele chocolate lambuzando o corpo inteiro. Ou leite condensado. Ou chantilly e morangos. Ou...

ta, ta, parei. Risos.

Mila disse...

Ô, Dona Jô.
Você colocou meu link e meu nome ali, mas com o título de outro Blog.
Não sei qual foi o rolo que você aprontou. rs
***
Adorei essa do prato principal.
Rapidinha e certeira!

Beijo

Edgar Sollers disse...

Faço minha as palavras da Mila... rs

E a gula, é o meu pecado favorito.

Edgar Sollers disse...

Peço licença a Jô, tentando humildemente responder a questão levantada pela Lúcia, e sem querer fazer daqui uma sala de bate papos: Acho que um olhar apaixonado não dá para mentir, mas pode ser facilmente confundido com o olhar de cafageste ( são diferentes, se bem que podem andar lado a lado ). Um homem apaixonado se expõe mais que a própria nudez.

disse...

Sollers e Mila, perdão... não sei o que o blogger fez com o que eu havia escrito, sempre reviso meus posts e tava tudo certinho. Mas enfim. De qualquer forma, ajeitei.

E Lucia e Sollers, eu ainda acho que isso depende mto, ainda mais que estamos falando de duas vias, o que lança o olhar e o que recebe, ou seja, pode haver tbm uma tendÊncia a "transformar" a leitura do olhar no que se queria que ele fosse.

E eu não me importo que isso aqui vire um local de discussão, pelo contrário.

Pushoverboy disse...

Entrando na discussão: não dá pra mentir com o olhar... mas também não é todo mundo que consegue interpretar o olhar corretamente.
Aaa e tudo com sobremesa é mais gostoso :p

F. S. Júnior disse...

concordo... o prato principal pode vir misturado à sobremesa...rs

Fê Probst disse...

Me coma, me coma de novo. De preferecia, que ele não enjoe e não se satisfaça muito rápido...

Garota!!!
Tem mimo pra ti no meu blog! :*

Lúcia disse...

Bárbara, já pensou numa generosa taça de amarula sendo despejada no pescoço e sobre os seios e escorrendo até embaixo...? Ai... (Opa, será que a Jô se importa com o horário nobre? Nem são três da tarde ainda...!)

E Sollers, os dois olhares podem andar juntos sim, mas acredito que é muito mais fácil fingir o segundo do que o primeiro...

Pushoverboy, aí você tocou num ponto complicado: tem a interpretação da pessoa que está sendo olhada, como a Jô bem observou. Mas se o observador é alguém que você aprendeu a conhecer pelo tom de voz, pelos hábitos, pela convivência, aí é que ele não engana mesmo. A não ser que a observada queira, de forma consciente ou não, ser enganada...



[ Aceitam café com biscoitos?! =) ]

Ane Talita disse...

Primeira vez aqui e já sou servida com um banquete!

Delicia!!! =)

adorei...vou voltar!

beijo!

Camila disse...

Oi, flor! Ando meio sumida, cabeça com mil coisas do trabalho e aquele ser do passado ainda querendo ser presente. Mas tudo bem, passei aqui e vejo que ganhei um presentinho muito do especial. Ahh menina querida, obrigada! Adorei! Salvou o dia! :)

Beijos

J.S. disse...

Olá...vi seu blog sendo indicado por vicente e resolvi dar uma curiada....realmente...mto bom!!!

Gabriele Fidalgo disse...

Demais!! haha
E concordo com o que já disseram. Sobremesa é sempre bom, desde que o prato principal continue sendo o que de fato mata a fome.

E Obrigadíssima pela indicação. ;}

Beijão, Jô.