quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Mudança


- Eu já fui intransigente demais com você. Me irritava com a sua voz. Com a sua barba por fazer. Com o modo como você fala ao telefone. Com o seu beijo. Com a sua expressão de desdém. Com o seu francês bem falado. E até com a cor das suas camisas. Hoje eu só não te quero mais. Nem pra treinar o meu francês mal(...)dito.

10 comentários:

Lúcia disse...

Sempre chega uma hora em que a gente precisa se soltar de certas cordas pra seguir em frente.
Só é uma pena que os relacionamentos entre os seres (na minha opinião, as cordas em que mais vale a pena se agarrar nesta vida) sejam justamente as coisas mais complicadas por que temos de passar.
E por que é que as coisas não podem ser mais simples e leves...?

Bel disse...

Por que é tão difícil aceitar, e depois, deixar de aceitar alguém? Relacionamentos deveriam ser mais simples...

Bj

SAMANTHA ABREU disse...

é sempre melhor treinar com outros!
ahahahaha

Um beijo, JÔ!

Lúcia disse...

Reparou que o café estava fresquinho? Tinha acabado de fazer, e colocado perto uns biscoitos de nozes! ;D

Coloca sessão nostalgia naquilo! De vez em quando é bom pra desintoxicar _ principalmente quando se está um tanto estressada e em crise, e quando sua ex-turma do curso de arquitetura irá colar grau nesta sexta-feira e você percebe o quanto ficou pra trás... Já mandei avisar que vou, mas vou acompanhada de dois baldes enormes com capacidade para dezenas de litros...! Triste viu!

E você com essa história de hare krishna me fez lembrar de minha mãe contando que eu tinha amiguinhos imaginários até os cinco anos de idade, e que um deles se chamava krishna...! Dá pra acreditar nisso?! Hahaha!

Beeijo!

Johny Farias disse...

Esse j� era...rs

Antes um bom livro de franc�s
que um velho barbudo, n�?

Merci..
;)

Beijo's J�

Juliana Caribé disse...

Eu concordo com a Lúcia. Por que é que não podem ser mais leves os relacionamentos, se eles tornam nossa existência tão válida e melhor?

Morganna disse...

mudar, seguir em frente, caminhar. vida. :*

Adriana disse...

seguir outros caminhos... se despedir do que você já tem como certo na vida para arriscar-se e conhecer! Ousar dizer, arriscar, mesmo que depois.......
Gostei de seu blog!!!!

Luca disse...

Deixou tudo, mas adorou detestar. Há isso tb.

Beijoooooooo

Gabriela. disse...

Sigamos sempre assim.
Seguindo em passos de mu[danças.
SEMPRE.