sábado, 26 de abril de 2008

Audácia


- Com que direito você me olha desse jeito, me faz ver romance em tudo e rasga a minha calma em quatro pedaços assimétricos e a verte sobre o chão indigno? O que lhe dá o direito de colocar novamente essas mãos grandes sobre mim e me fazer parecer tão pequena? Quem você acha que é pra me presentear com esse sorriso que eu sempre adorei e achava que não adorava mais? Que espécie de pretensioso é você que acha que pode levantar acampamento no meu coração?

Precisa de mais um cobertor?

15 comentários:

Lúcia disse...

Hahaha!, ADOREI!
Mulher-metamorfose, você está a cada dia mais afiada...!

E que escândalo de imagem linda, essa do tango!

Beijos!

Luca disse...

A minha conexão caiu, exatamente na hora em que eu enviei o meu coment. Aliás, nem sei se chegou a ir.

Enfim, parabenizo-te pela belíssima imagem do cabeçalho. Ando viciada em busca de imagens expressivas, por influência tua. ehehe

Qto ao post...Audácia consentida!

Beijoooooossss

nj.marabuto disse...

nossa sinto isso com todas as letras!

beijo

F. S. Júnior disse...

as vezes eu fico pensando, tu não tem cara de q escreve coisas tão fortes e doloridas como escreve por aqui... vc tem uma cara tão feliz... tão alegre... heheheheh

Camila disse...

afe. que vontade master de dizer isso para alguém. rs

beijo, moça!

Cabraforte disse...

Acho vc viceral, muito dá pra deixar meu peito em paz???!!!


bj

FINA FLOR disse...

gosto dos ousados, tbm, querida, são os melhores, rsrsrsr*

beijos e valeu a força,

MM.

Mr. Ziggy disse...

Esse cara, sem dúvidas, tem total consciência de que em cada vírgula sua, se ele tocar, você acabará soltando reticências e exclamações. Ele sabe. E ponto.

nj.marabuto disse...

Jô se importa de me dizer seu nome? é que quero te linkar, mas isso pra mim é algo bem pessoal. nos meus blogs linko pessoas. checa lá. ;) daí estou ilustrando os links sem rosto.

bjo

Camila disse...

Ah, mas eu gostei!

Porque, no fundo, ela só consegue perguntar isso... Ela ainda sente o prazer. Delicioso.

Luciana Andrade disse...

Que coisa mais linda seu texto!
Parabéns pela belíssima arte...

Mariah disse...

alguns, poucos, sabem quando estão no controle da situação.
se aproveitam de grandes mãos, de braços forte, de barbas por fazer...se aproveitam de camisas abertas, de sorrisos abertos...de pedidos abertos.
esse é o pior (ou melhor né) tipo de homem...aquele bem safado.

mariah

Proibida disse...

É que a gente sempre sente frio... Rs

Mulheres vulneráveis. Este é o presente que caiu do céu diretamente nas mãos grandes dos homens.

Beijo

Lúcia disse...

Hahaha!, autógrafo?? Fica me fazendo sonhar, fica...!!
Te falar uma coisa: muito provavelmente começo a faculdade de Letras em agosto, e vou dar um tempo na arquitetura, porque a qualidade do curso anda caindo a cada semestre... não que eu vá desistir da arquitetura, a idéia é completar os dois cursos... vamos ser colegas de profissão moça! Tu que já é formada, me diz aí os prós e os contras do mercado...

Beijos!

Ane Talita disse...

Alguém que com certeza me pega de jeito...Que, nem que seja por poucos minutos, me faz sentir plena...
Adoreiii como sempre!

Saudades demais de ler seus textos deliciosos!

beijo, bonita!