quarta-feira, 2 de abril de 2008

Aclive / Declive

- Rasgue a minha alma, a minha calma. Transtorne o meu tédio, o meu sexo. Não me deixe dormir. Me hipnotize. Escravize. Me queime numa fogueira santa. Faça de mim a sua via crúcis. Quero ser o próprio anti-cristo. E depois de tudo me deixe largada no chão, abandonada por cinco instantes. Em seguida me dê a proteção dos seus braços. A sua voz-calmante. Gosto de me sentir a última e a melhor das mulheres.



******


Depois não querem que eu fique metida, olha só o selo que a Mila me deu!

Obrigada, d. Mila. :) É um dos selos mais lisonjeiros que recebi até hoje.
E ele vai para:

7 comentários:

Lúcia disse...

Deixa eu roubar o teu texto pra dá-lo de presente a alguém?! Hahaha!

Menina, que arraaaaaaaaaso de montagem lá no alto! Amei!

E amei ainda mais ser uma das mais novas divas do pedaço...! Depois não reclama se eu ficar insuportável!

Beeijo

Juliana Caribé disse...

Adorei o texto!
Parabéns pelo selo.

Beijos.

Mr. Ziggy disse...

Poutamerda! Poutamerda! E... er... Poutamerda!

HUAUAHUAHUAHUAHUA!

Meu, isso foi FODA! Perdoe-me as palavras, mas foi MUITO foda!

Bjos!

Ane Talita disse...

Vc sempre adivinha o que quero falar...É incrível....

beijo!

nj.marabuto disse...

"a melhor" até entendo... "a última" é que ainda to me esforçando pra entender!

mas que essa intensidade sinto na alma sinto... e é bom demais...

beijo

Camilinha disse...

Eu queria que alguém fizesse isso comigo...já que fiz tantas e tantas vezes com tantas e tantas pessoas, que me sinto tão pouquinho... precisava sim, de um remelexo, uma queimação, um suspiro e uma negação...

beijos daqui...

Juliana disse...

Ai, ai...
Eu aqui nessa de querer desenfreado,
e você me vem com uma coisa dessas?
Ai, ai...