segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Só a arte é eterna

Cutlet and Match - The Chinese Crab - 1983 (Salvador Dalí)

Os amigos somem. Os familiares morrem. Os amores acabam. Mas uma música sempre nos tocará. Um espetáculo teatral nos fará gargalhar ou cair em prantos. Um quadro nos deixará pensativos. Um livro virará citação para qualquer circunstância. Um filme virará o de nossa vida. Só a arte se eterniza em nossas almas. E somente ela merece exclusividade e dedicação.

8 comentários:

Morganna disse...

Jô! que saudaaaaaaaaaade!

aiiii. a arte. queria dedicar meu dia todo só pra ela e seja ela qual fosse!

beijos, muitos beijos, querida, Jô! :*

Camila disse...

...Assim disse a artista e eu assinei embaixo.

Beijos, Jô!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Jô!Onde anda você?Sempre brilhante colocando em palavras o que a gente pensa e nunca o fez.

A arte,seja ela qual for é mesmo eterna,marca nossa vida para sempre!

Um beijo saudoso,Sonia Regina

F. Júnior disse...

é um pensamento meio radical... rs

Ane Talita disse...

Bonitaaa...

que saudades de passear por aqui!
A arte nos enche a alma...Nem tem explicação...

beijos

Um Natal lindo pra ti!

. fina flor . disse...

Jô, querida

hoje passo somente para deixar um beijo de natal com perfume de rabanada e desejo de um "dois mil e love" repleto de gratas surpresas :o)

Beijos,

MM.

Luca disse...

Por isso que eu aprecio a tua arte!

Maravilhoso!!

disse...

Ah, eu destacaria a universalidade da coisa
Uma pessoa que eu gosto, não necessariamente eu gosto
Mas uma manifestação destas pode nos unir sem nem nos conhecermos :D