quarta-feira, 3 de março de 2010

Diálogos Memoráveis XIII

Ao telefone.

- Eu já quero chegar em casa e você estar lá. Dormir e acordar com você sempre perto.
- Quer resolver isso agora?
- E dá?
- Vamos a um cartório.
- Mas são duas e meia da manhã.
- Ah, é.
- ...
- Os cartórios deveriam funcionar 24 horas. Como ficam as pessoas impulsivas? E os rompantes? Têm que esperar o próximo dia útil?
- É... Amanhã a gente vê se ainda tá a fim.
- Combinado.

6 comentários:

Érica disse...

Meu Deus, graças, aleluia e amém que existem poucas possibilidades abertas aos impulsivos, senão... Eu tava exilada. kkk
Beijos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

...me conte o que aconteceu no dia seguinte...a vontade perdurou?

Um beijo,querida!

Sonia Regina.

Vanessa Raiol disse...

Fiquei pensando até que ponto é bom esses limites que a vida impõe aos impulsivos... beijosss

Telma Monteiro disse...

Ah, o amanhã é um outro universo...O desejo do SEMPRE hoje pode sufocar amanhã.E a impulsividade é que paga a conta.Realmente, é melhor esperar a próxima lua pra saber se AINDA...
Agradecidíssima pela visita,viu?

renato disse...

Olá, Jô!

E será preciso o dia seguinte? Para o amor nunca se deve colocar amarras e correntes! Ele será sempre livre, para o bem de quem ama!

Um beijinho,

Renato

Gideon Lima disse...

E de Agora Em Diante

Oswaldo Montenegro

E de agora em diante teria sido decretado o amor sem problemas
E seriam vitrines nos olhos, e as almas vagariam sem medo
E de agora em diante seria pra sempre o que pra sempre acabara
E seria tão puro o desejo dos homens,
Que dionisio enlaçaria a virgem com braços enternecidos
E aplaudiríamos, calmos e frenéticos como um são francisco febril
E de agora em diante pra trás não haveria
Não mais a virtude dos fortes, mas o mérito dos suaves
O homem feminino e a mulher guerreira
O amor comunitário, sem ciúmes.
Dariam as mãos as moças que amo e brincariam de roda em volta de minha preferida
E um artesão criança esculpiria flores nos cabelos e um sorriso sincero no rosto
E de agora em diante mahatma ghandi tava vivo pra sempre e jesus era hippie,
Beethoven era roqueiro e lenon era como nós
E se não desse certo, de agora em diante, ao menos teríamos tentando.


Pra que casar, Jô?
Somos todos Azuis...